Dançar Shakespeare

(veja as fotografias e o vídeo)

gravura com figuras de tamborileiro e bailarino medievais

por

Maurizio Padovan

24 a 27 de Janeiro de 2007 das 17:00 às 20:00 e Sábado 10:00 às 13:00
Escola Superior de Educação de Lisboa


Destinatários da acção
Professores do ensino obrigatório, professores das actividades de enriquecimento curricular do 1º ciclo, alunos de cursos de dança e de cursos de professores e educadores que desejem adquirir competências na área da dança e da música.

Duração
12 horas


Objectivos

- Compreender o papel da dança na obra de Shakespeare;
- Identificar e representar (gráfica manual ou gráfica informática) os desenvolvimentos espaciais das coreografias shakespearianas;
- Saber identificar modelos coreográficos e saber analisar a estrutura das danças aprendidas;
- Adquirir competências motoras;
- Saber ler as fontes coreográficas.


Programa

1) Parte teórica
O teatro elisabetiano e a dança em Shakespeare
- Lição conduzida com projecção de diapositivos

2) Parte prática
a) História – aprendizagem de simples coreografias citadas nas obras de Shakespeare relativamente aos temas tratados na lição teórica.
b) Animação – aprendizagem de divertidas coreografias de tradição britânica que contêm modelos coreuticos “shakespearianos”

Maurizio Padovan

Músico, professor e historiador de Dança. Deu cursos de dança para Associação de Portuguesa de Educação Musical, Instituto de Estudos da Criança da Universidade do Minho e para a Escola Superior de Dança de Lisboa. Foi docente de “História da dança e da música para dança” na Faculdade de Musicologia da Universidade de Pavia (Itália). É director do Projecto “L’Altro violino” na cidade de Cremona. É Director do ensemble de música antiga “Accademia Viscontea” e deu centenas de concertos em Itália e Europa. Colabora com o Departamento de Instrução de Província de Milão no Projecto “La musica nella didattica”.

Publicou, para os estudantes da Escola Superior os volumes “Voci, ritmi e strumenti del Mediovo”, “Musica e società del Renascimento” e “Il Barocco: musica e società”. É autor dos mais importantes estudos e publicações editoriais e discográficas sobre o violino “occitano” em Itália. Especializado em iconografia medieval e renascentista foi responsável pela organização das exposições “Mesura et arte del Vinum”, “Leonardo e gli specttacoli del suo tempo”.

Colaborou com José Sasportes na publicação editorial “La danza italiana”.
É autor do livro “A Dança no Ensino Obrigatório”, editado pela Fundação Calouste Gulbenkian (2001) e de numerosas outras publicações relativas à didáctica, história da dança, história da música e etnomusicologia.

Descarregar folheto com ficha de inscrição e contactos (136 KB)
folheto_dancar_shakespeare