Esta ação de formação pretende capacitar e ajudar professores de instrumento para um ensino otimizado através de abordagens técnico-didáticas. A iniciação no ensino de um instrumento musical assume uma grande importância no eventual sucesso futuro dos alunos. As boas práticas e rotinas de estudo são a chave para uma evolução continua, bem como a adequação dos materiais (bocais e instrumentos), métodos e repertório.

Estratégias para o ensino dos instrumentos de metal

A importância do domínio da técnica na evolução musical dos alunos

Estratégias para o ensino dos instrumentos de metal

ESGOTADO

Ação de formação Creditada

25h | Registo: CCPFC/ACC-111441/21

formador

Sérgio Charrinho

Destinatários:

Professores dos Grupos M19 a M22

Datas:

2 de maio a 12 de junho de 2022

Valor da Inscrição:

Sócios da APEM1 - 50 €

Não Sócios2 - 100€

1Os sócios com as quotas em dia, para beneficiarem do desconto de sócio, devem fazer o login no site da APEM.
2Torne-se sócio e poupe de imediato ao inscrever-se nesta formação. Clique aqui para saber mais.
Número máximo de participantes: 15
Modalidade:

A formação decorre maioritariamente em sessões assíncronas, de modo a que os formandos possam gerir o tempo na realização das atividades propostas, devendo apenas respeitar as datas limite.

As sessões síncronas previstas serão divulgadas numa data mais aproximada da formação.

Requisitos mínimos
  • Computador com um mínimo de 2 GB RAM/2 GHz no sistema operativo MAC OS X 10.7 ou posterior, Windows 7 ou posterior ou a última versão GNU/LINUX;
  • Auscultadores, câmara e microfone;
  • Ligação à internet.

Sinopse:

Esta formação tem como objeto a abordagem ao ensino dos instrumentos de metal. A aprendizagem de um instrumento, requer conhecimentos técnicos específicos e abrange uma série de questões; musicais (solfejo, ritmo, pulsação, etc.), técnicas (embocadura, domínio técnico do instrumento, controlo da respiração, afinação, etc.) e psicológicas (autoconfiança, controlo emocional e mental). Nesta formação trabalharemos essencialmente as questões técnicas da aprendizagem dos instrumentos de metal, embora também com pequenas incursões sobre a componente musical e psicológica.

Objetivos a atingir:

  • Fornecer conhecimento técnico específico sobre a didática, a metodologia, a avaliação no ensino do instrumento; programas de técnica de base adequados a cada aluno;
  • Fornecer conhecimento técnico para a elaboração e planeamento de aulas de instrumento; resolução de problemas técnicos como a embocadura ou a respiração;
  • Utilizar as tecnologias de informação e comunicação e metodologias, estratégias e materiais de apoio inovadores;
  • Interpretar a prática docente de Música como um processo dinâmico;
  • Desenvolver metodologias de ensino que favoreçam a criatividade, a autonomia e a flexibilidade da performance musical;
  • Desenvolver o pensamento crítico/reflexivo sobre métodos formais e informais de ensino e aprendizagem do instrumento.

Conteúdos:

Módulo 1:

  • Iniciação da aprendizagem do instrumento e especificidade de cada aluno
  • Relação e interação professor/aluno (pergunta-resposta)
  • Formação da embocadura
  • Técnica do instrumento (rotinas/repetição/retenção/pensamento crítico)
  • Técnica de aquecimento

Módulo 2:

  • Ataque das notas/precisão/ pose du son;
  • Articulação
  • "Endurance"

Módulo 3:

  • Flexibilidade
  • Trabalho muscular

Módulo 4:

  • Registo
  • Embocadura

Módulo 5:

  • Técnica e coordenação dos dedos
  • "Endurance"

Módulo 6:

  • Escolha do repertório
  • Excertos de orquestra
  • Instrumentos auxiliares (trp em dó, trp piccolo, trbn alto, etc)

Módulo 7:

  • Resolução de problemas técnicos e físicos (exemplos práticos)
  • Alterações ligadas ao crescimento físico dos alunos
  • Materiais multimédia e tecnologia

Módulo 8:

  • Técnicas de relaxamento
  • Gestão do esforço físico

Metodologias de realização da ação:

A presente ação é realizada em regime de ensino e aprendizagem à distância baseada em sessões assíncronas e síncronas.

A formação será distribuida através do LMS Moodle do Centro de Formação da APEM de acordo com o modelo pedagógico de ensino a distância da APEM.

A ação desenvolve-se em 8 módulos que contêm atividades formativas diversas e vários recursos. As sessões síncronas realizar-se-ão com recurso a videoconferências, com conteúdos essencialmente práticos, com esclarecimento de dúvidas e momentos de reflexão.

Regime de avaliação dos formandos:

  • Participação nas atividades e realização das tarefas propostas;
  • Reflexão crítica.
Na avaliação dos/as formandos/as será dado cumprimento às determinações legais, nomeadamente os nºs 1 a 4 e 7 a 9 do artigo 4º do Despacho nº 4595/2015 do Secretário de Estado do Ensino e da Administração Escolar, publicado no Diário da República, 2ª Série, Nº 87, de 6 de maio, e ao Regulamento para acreditação e creditação de ações de formação contínua, de 9 de maio de 2016, do CCPFC.

A avaliação é formalizada numa escala de 1 a 10 com a menção qualitativa de:

  • 1 a 4,9 valores – Insuficiente
  • 5 a 6,4 valores – Regular
  • 6,5 a 7,9 valores – Bom
  • 8 a 8,9 valores – Muito Bom
  • 9 a 10 valores – Excelente

Bibliografia fundamental

  • ARBAN, J. (1982) – Arban ́s complete conservatory method for trumpet. New York : Carl Fischer.
  • COLIN, Charles (1972) – The brass player. New York : Charles Colin Publications.
  • FARKAS, Philip (1962) – The art of brass playing. Atalanta : Wind Music/TAP Publications.
  • SCHLOSSBERG, M. (1937) – Daily drills and technical studies for trumpet. Corolla, U.S.A. : J.F.Hill & Company, Inc.
  • SPAULDING, Roger (1968) – Double High C in 37 Weeks. Hollywood : High Note Studios.
Sérgio Charrinho

Sérgio Charrinho

Natural de Lisboa, iniciou os estudos musicais com o pai. Estudou com José Pereira no Conservatório Regional de Portalegre, na Escola Profissional de Artes da Beira Interior com Fernando Jorge Ribeiro e no Conservatório Hector Berlioz, em Paris, com Bruno Nouvion.

Foi professor na Escola Profissional de Artes da Beira Interior, na Escola Profissional de Música de Espinho e tem dirigido diversas masterclasses de trompete em Portugal.

Foi laureado do concurso Prémio Jovens Músicos na categoria de Música de Câmara com o quinteto de metais Harmon Brass. É membro fundador do quinteto de trompetes Almost6, com o qual editou o CD Sopros em Laboratório e organiza o Festival Internacional de Trompete Almost6.

Desempenha as funções de 1.º Trompete na Orquestra Metropolitana de Lisboa desde janeiro de 2003 e é professor na Academia Nacional Superior de Orquestra.

Informações:
apem associação portuguesa de educação musical

Praça António Baião 5B Loja
1500 – 712 Benfica - Lisboa

  21 778 06 29

  932 142 122

 Envie-nos um email


A APEM

A Associação Portuguesa de Educação Musical, APEM, é uma associação de caráter cultural e profissional, sem fins lucrativos e com estatuto de utilidade pública, que tem por objetivo o desenvolvimento e aperfeiçoamento da educação musical, quer como parte integrante da formação humana e da vida social, quer como uma componente essencial na formação musical especializada.

A APEM é filiada na ISME - Internacional Society for Music Education como INA - ISME National Affiliate

Cantar Mais

Cantar Mais – Mundos com voz é um projeto da Associação Portuguesa de Educação Musical (APEM) que assenta na disponibilização de um repertório diversificado de canções (tradicionais portuguesas, de música antiga, de países de língua oficial portuguesa, de autor, do mundo, fado, cante e teatro musical/ciclo de canções) com arranjos e orquestrações originais apoiadas por recursos pedagógicos multimédia e tutoriais de formação.

Saiba mais em:
http://www.cantarmais.pt/pt

Newsletter da APEM

Caros sócios, A APEMNewsletter de dezembro acaba de ser publicada e encontra-se disponível para visualização no site da APEM.
Clique na imagem em cima para ter acesso à mesma.

Apoios:

 República Portuguesa
Fundação Calouste Gulbenkian

Contactos:

apem associação portuguesa de educação musical

Praça António Baião 5B Loja
1500 – 712 Benfica - Lisboa

  21 778 06 29

  932 142 122

 Envie-nos um email


©  Associação Portuguesa de Educação Musical

©  Associação Portuguesa de Educação Musical